Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O qu'eu aturo!

O qu'eu aturo!

Claro que há outro mas...

Porque a vida não é cor de rosa!

No post anterior escrevi que o pai da criança se tinha portado super bem, correu tudo muito bem, entenderam-se muito bem.

Tudo verdade, mas nem tudo perfeito.

O pai safou-se melhor que do alguma vez ele imaginou, mas assim que eu chegava a casa ele "esquecia" que o bebé existia.

Ou porque estava com dor de cabeça porque ele chorou muito, ou porque fez birra, ou porque doía qualquer coisa e ele já pesa, ou porque estava frustrado porque demorava muito a dar a sopa.

Enfim, toda uma panóplia de "queixas".

E por aí continuámos, mais uma vez tive de bater na mesa e pedir explicações porque razão faz tudo bem quando está sozinho e quando eu estou em cena ele não faz nada.

A resposta ainda estou à espera.

Mas com tempo, calma e muita paciência isto vai lá.